"Palavras. Não há maneira de as esquecer. Não te deixam estar verdadeiramente sozinha. Praga de bichos. Deveria abrir as janelas de par em par para que as palavras saiam para a rua, os lamentos, as velhas conversas tristes presas entre as paredes do apartamento desabitado."
“Arte pertence a todos e a ninguém. Arte pertence a um tempo e a tempo nenhum. Arte pertence aos que a criam e aos que a apreciam. (...) Arte é o sussu…
Em 2019, li 30 livros, muitos emprestados ou requisitados na biblioteca. Sem nenhuma ordem em particular, ficam aqui os meus favoritos: Teoria Geral do…
"É verdade que os seres humanos são fundamentalmente cruéis? É a experiência da crueldade a única coisa que partilhamos como espécie? A dignidade de no…
"A única coisa que em mim não muda é o meu passado: a memória do meu passado humano. O passado costuma ser estável, belo ou terrível, e lá ficará para …
(do latim metus) Estado emocional resultante da consciência do perigo ou de ameaça, reais, hipotéticos ou imaginários. = FOBIA, PAVOR, TERROR (definiçã…
"E se?" é uma das grandes questões que nos colocamos, especialmente nos momentos de viragem. Nessas alturas, pensamos no que podíamos ter feito de dife…